Mangá da Turma da Mônica?

Turma da Mônica Jovem

Turma da Mônica Jovem

Mais ou menos. Nem é gibi nem é mangá. Tá ali no meio, sem querer chocar os antigos fãs e sem querer desagradar a nova geração.

Para começar, você começa a ler o gibi do lado que você lê seus quadrinhos ocidentais. O desenho carrega traços um pouco orientalizados, principalmente na hora de demonstrar grandes emoções (raiva, decepção, constrangimento, amor), mas o que marca são os tradicionais traços de Maurício de Sousa a maior parte do tempo, que trazem desenhos perto do padrão dos personagens.

O mangá, além de agradável aos simpatizantes de cultura japonesa e pré-adolescentes em geral, é bom para os nostálgicos, fãs que mudaram um pouco o gosto ou aqueles que querem ver tudo que é publicado da Turma.

Os personagens conservam as características clássicas. Mônica é meio dentucinha e brava, Magali continua comendo, mas agora se importa com a dieta, Cascão toma banho para ficar boa pinta pra namorada e Cebolinha ainda troca os R pelos L’s quando tá nervoso, o que é muito gostoso de ver, já que mudar isso seria mudar o essencial das histórias. O esquema só são os autores saber levar isso numa boa, sem cair na repetição dos gibis tradicionais. Rever o que tem no gibi no mangá seria um gasto de dinheiro.

Tem piadas que só quem já leu entende. Logo no início do mangá número um, Mônica e Magali conversam dizendo que tinha uma época quando pareciam que completavam sete anos todos os anos, e dá uma piscada especial para o leitor. Quem aí sabe das inúmeras festinhas de aniversário, onde eles brincavam consigo próprios, falando de deja-vus nessas comemorações?

Quanto ao enredo, não há muito o que se preocupar. Cai no lance típico de mangá de personagens místicos ao mesmo tempo que carrega um espírito de aventura mais rápida, diferente. A solução de problemas é frequente, e não há essa coisa de um fato se perpetuar por milhões de mangás.

É algo gostoso de ler. Não é ruim nem excepcional. O que não significa que não seja importante conhecer.

Mas se você vai comprar o mangá só pela nostalgia, pense duas vezes: ela sempre pode ser alimentada de outras formas. Só o que existem são forma de se (re)viver a Turma da Mônica, seja lá de que idade você for. Vídeos, filmes, entrevistas, até ir ao Parque da Mônica no auge dos seus… sei lá, 20 anos? E saiba também que tem pra vender as primeiras tirinhas da turma da Mônica em um pacote especial, ainda com aqueles personagens e formação e riscos de lápis fora do lugar.

O que fica, no final das contas, é a dualidade, seja ela entre o oriental e o ocidental, ou o tradicional e o novo. Talvez entre aí um pouco do meu lado pessoal também, daquela criança que acompanhava todas as aventuras da turminha. Dá um gostinho bom, mas o mangá não substitui. Parece que “falta” alguma coisa.

Bom, querendo ou não, por mais seguidor de tendências que o modo mangá possa parecer aos olhos de uns, ou ruim pelo simples fato de ser mangá para outros, ele carrega a qualidade de Mauricio de Sousa. Só não se sabe a durabilidade dessa novidade, apesar de que, a segunda edição já tá aí…

Juliana Dias

8 Comments

  1. Marcela Bulhões
    Posted outubro 16, 2008 at 11:34 pm | Permalink

    Poxa, Magali se preocupando com dieta? Uma decepção pra mim, que sou adepta do antigo estilo de vida dela :~

    Inovador demais pra minha pessoa…
    Mas de repente, é uma boa.🙂

  2. Pipa Dantas
    Posted outubro 17, 2008 at 12:23 am | Permalink

    Magali é diva!

  3. Osmar R.
    Posted outubro 17, 2008 at 12:57 am | Permalink

    A Magali é mara!
    Mas o Cascão tomar banho… ainda não digeri essa novidade, mas que venham as mudanças!

  4. Caco o Sapo
    Posted outubro 17, 2008 at 1:30 am | Permalink

    O problema é a fase de transição. Algumas coisas funcionam, outras precisam ser aprimoradas. Mas, definitivamente, “Céu Boy” foi de doer as pregas.

  5. Júlio César
    Posted outubro 27, 2008 at 9:47 pm | Permalink

    O cascao ficou meio estranho lipmpo, mas o cebolinha ficou show!!

  6. Evelyn Janaina
    Posted março 19, 2010 at 1:05 am | Permalink

    vc me maguou com essa sua babozeira a revista e otima ta

  7. Lisa
    Posted abril 5, 2010 at 12:00 am | Permalink

    Sinceramente .. axo q gibi eh pra criança… e mangá eh pra adolecente .. se vc eh criança… continue lendo gibii.. q será melhor pra vc .. + eu q sou adolecente.. prefiiro o mangá … + divertiido…
    + o q eu too costutando pra acostumar eh o Ceboliinha ou melhor Cebola falla certo naum celto..
    + isso me acostuumo rapidoo…

  8. thamires
    Posted janeiro 28, 2011 at 11:12 pm | Permalink

    oi sou sua fa desde pequenina


Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: